ANO NOVO

COLUNA DE EVANDRO SANTOS: 2022 PODE SER MELHOR QUE 2021

A esperança da gente é fazer mudanças necessárias na vida pessoal e lutar por uma sociedade mais justa. Mas por onde começar?

Por Evandro Santos

05/01/2022 às 08:25:02 - Atualizado há
Reprodução | MentalClean

Aos trancos e barrancos, demos adeus a 2021, o segundo ano da pandemia de covid-19. Viramos a página de mais um período de sofrimento para muitos que perderam familiares e amigos vitimados pela doença.

Afora isso, o ano que se foi acentuou as crises de um Brasil desigual e injusto. A pobreza aumentou e, com ela, a fome voltou a afetar a vida de milhares de pessoas. Pesquisas mostraram, porém, que os ricos ficaram mais ricos.

Praia de Fortalezinha/Algodoal/Pa

O Brasil está uma lástima, com um governo que não resolve problemas, mas que causa problemas, gerando crise atrás de crise e deixando a população insatisfeita com os discursos vazios das autoridades do país.

A chegada de um novo ano é um momento de esperança nas mudanças que precisam ser feitas para o brasileiro (a maioria, claro) ter vida digna, com qualidade em educação, saúde e cidadania para todos.

Os últimos três anos foram difíceis, principalmente para os pobres. Eles foram os mais afetados pela pandemia, com perda de emprego, fome, e pelos desmandos de um governo negacionista e incompetente.

Facebook 02/01/2022

Curiosamente, no 1º dia de 2022, conversei com uma pescadora de Fortalezinha, em Maracanã. Dona Maria acredita que as coisas podem melhorar no Brasil, desde que o país tenha outro presidente. O atual é uma piada.

Não tiro a razão da mulher simples, aposentada e evangélica. Para mim, ela expressou o sentimento que muitos têm em relação ao governo que está aí. Se tá péssimo para a maioria, é mais do que urgente mudar. Feliz Ano Novo!

* Evandro Santos é jornalista, graduado pela Universidade Federal do Pará- UFPA
Evandro Santos

© 2022 Portal do Carlos Baía
(91)986005813

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Evandro Santos