QUESTÃO DE DIREITO MPPA

Promotora de Justiça Fábia Mussi é empossada na 3ª Entrância

A cerim√īnia foi presidida pelo Procurador-Geral de Justiça, C√©sar Mattar Jr.

Por ASCOM/MPPA

26/07/2023 às 20:22:00 - Atualizado h√°
Divulgação

Foi realizada nesta segunda-feira, 24 de julho, no gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, o ato de posse para cargo na 3¬™ Entr√Ęncia da Promotora de Justiça F√°bia Mussi de Oliveira Lima. A cerimônia foi presidida pelo Procurador-Geral de Justiça, César Mattar Jr. e contou com a presença de membros do Ministério Público do Estado e familiares da empossada.


Participaram do ato de posse os Subprocuradores-Gerais de Justiça, Eduardo Barleta e Ubiragilda Pimentel; o Corregedor-Geral Sérgio Tibúrcio dos Santos; a Chefe de Gabinete da PGJ Érika de Oliveira; os Coordenadores de Centros de Apoio Operacional Carlos Eug√™nio dos Santos (CAODS) e √āngela Balieiro (CAOCPC); o Presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Par√° (Ampep) Alexandre Tourinho; o Presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) Manoel Murrieta; a Diretora Social da Ampep Sabrina Kalume; Procuradores de Justiça Marcos Antônio das Neves e M√°rio Falangola; Promotores de Justiça Gilberto Martins, Ion√° Nunes, Lígia Valente, Albely Lobato, Aldir Viana, Laércio Abreu, Eduardo Falesi, Cristina Colares e Jayme Bastos Filho.



Em sua fala o PGJ César Mattar Jr. saudou os familiares da empossada e a parabenizou pelo brilhante carreira na instituição: "Eu quero deixar o registro a todos os membros da sua família e daquelas pessoas, que de uma forma ou de outra, acabaram contribuindo para que voc√™ alcançasse esse sonho, que é chegar à capital. E tudo vem no tempo, no momento certo, conforme voc√™, que é uma pessoa extremamente espiritualizada e sensível, bem disse, vem no tempo de Deus".



E finalizou Mattar: "seja muito bem-vinda, a Procuradoria-Geral de Justiça e o Ministério Público da capital te recebem de braços abertos. Sejas feliz e tenhas √™xito, porque o teu sucesso é o sucesso da nossa instituição".
Em seu discurso de posse a Promotora de Justiça F√°bia Mussi destacou, entre outros pontos, o momento em que pediu a Deus que a ajudasse na sua escolha, pois vir para o Ministério Público significava sair da carreira da magistratura, da qual j√° era juíza.
"H√° alguns anos quando fiz a minha escolha pelo Ministério Público, eu perguntei para Deus: onde eu posso te servir melhor? Em que cargo ou profissão, que atividade ou tarefa? E isso demorou algumas semanas, tive de refletir muito sobre isso, porque não foi uma escolha f√°cil, eu j√° era juíza e tive a minha decisão por critérios de valores cristãos", enfatizou.



E prosseguiu a PJ F√°bia Mussi: "mesmo enfrentando todas as dificuldades, eu sabia que tinha uma missão. Outro critério que eu usei também para sobreviver a esses anos todos no interior, longe da família, daqueles que eu mais amo, foi estabelecer que o lugar por onde eu passasse, ele teria que ser melhor depois que eu saísse de l√°".



O Corregedor-Geral Sérgio Tibúrcio frisou a escolha que a PJ F√°bia Mussi fez, ao sair da magistratura e ingressar no Ministério Público.

"A F√°bia é realmente uma promotora de Justiça por devoção, não só por opção. Ela abriu mão da carreira na magistratura para ingressar nas fileiras da instituição. Por isso sempre repito aos colegas integrantes do MP, ao fazer a opção de vir trabalhar conosco, identifico nela uma promotora por devoção".

Manoel Murrieta, Presidente da Conamp, reconhece na trajetória da recém empossada na capital a certeza de que a população ser√° bem atendida.

"Tenho certeza que em toda a sua trajetória tens ajudado as Promotorias por onde passastes, e consequentemente, as populações desses municípios. Toda a tua carreira te gabarita nesse momento, d√° segurança que far√°s um grande trabalho aqui em Belém e Icoaraci e que ser√°s uma promotora engajada, entusiasmada. Todos que estamos aqui temos certeza disso."

A saída da magistratura e a opção pela carreira ministerial foi um dos pontos de destaque do discurso do Presidente da Ampep, Alexandre Tourinho.

"A F√°bia não havia apenas passado no concurso da magistratura, ela j√° era juíza de direito, j√° atuava. Como juíza tinha uma estrutura física, com assessores e servidores. Mesmo assim, seja por decisão dela, seja pela invocação de Deus, ela preferiu a carreira do Ministério Público, de defesa da sociedade, a carreira de defesa do meio ambiente, de idosos e deficientes, e de outros direitos. A carreira que ela se orgulha".
A Promotora de Justiça F√°bia Mussi de Oliveira Lima foi promovida pelo Conselho Superior do Ministério Público do Estado (CSMP), em sessão ordin√°ria ocorrida no dia 13 de junho, pelo critério de antiguidade, para o cargo de 5¬ļ PJ Criminal de Icoaraci.

Fonte: MPPA
Comunicar erro
Portal do Carlos Baía

© 2023 Portal do Carlos Baía
(91)986005813

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal do Carlos Baía