POL√ćCIA AUD√ĀCIA

WhatsApp: criminosos criam perfil falso de promotor e aplicam golpes no Pará

Prints dão conta de transferências feitas aos criminosos com valores entre R$2 mil e R$3,5 mil.

Por Portal do Carlos Baía

06/01/2022 às 12:20:49 - Atualizado h√°
Dr. Armando Brasil PJ | Reprodução

O caso est√° sendo investigado pelo Grupo de Atua√ß√£o Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órg√£o interno do Ministério P√ļblico do Estado do Par√° (MPPA)


Criminosos criaram um perfil falso do promotor militar Armando Brasil para aplicar golpes no interior do Par√°. O caso j√° est√° sendo investigado pelo Grupo de Atua√ß√£o Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órg√£o interno do Ministério P√ļblico do Estado do Par√° (MPPA).

Com o nome e foto de Brasil em um perfil no Whatsapp, os golpistas pediam dinheiro a comerciantes e empres√°rios para um suposto evento do Ministério P√ļblico.


A justificativa era de que o valor seria utilizado para contratar serviços de escolta ou alugar veículos. Prints dão conta de transferências feitas aos criminosos com valores entre R$2 mil e R$3,5 mil.


O caso chegou ao conhecimento das autoridades após uma pessoa suspeitar do pedido e procurar um promotor na regi√£o sul do Par√°, que alertou que o órg√£o n√£o exige dinheiro em nenhuma situa√ß√£o.

A Polícia Civil será acionada para investigar o caso.

Fonte: O Liberal.Com
Comunicar erro
Portal do Carlos Baía

© 2022 Portal do Carlos Baía
(91)986005813

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal do Carlos Baía