POLÍCIA ANAJÁS

Corpo da menina de 10 anos é encontrado enrolado em fios elétricos em Anajás; veja

A polícia fez o isolamento da área devido a comoção da população no local, que pede por justiça.

Por Redação |

11/06/2022 às 17:33:38 - Atualizado há
Imagem Reprodução | Divulgação

Amanda Ribeiro, de 10 anos, estava desaparecida desde o dia 07 de junho, quando sua mãe fez um apelo para conseguir encontrar o paradeiro da filha. A situação mobilizou toda a população do município de Anajá, no Marajó.


Após uma semana inteira de aflição, a pequena Amanda foi encontra sem vida em uma área da orla da cidade de Anajás, no Marajó, embaixo de um trapiche.

Mãe fez apelo pela filha de 10 anos desaparecida em Anajás

De acordo com informações policiais, ela foi encontrada enrolada com fios elétricos na cintura e pescoço. A polícia fez o isolamento da área devido a comoção da população no local, que pede por justiça.


O ministério público do Pará chegou a requisitar apoio nas buscas da criança

Assim que o Promotor de Justiça Harisson Bezerra, titular de Breves e que acumula a Promotoria de Anajás, tomou conhecimento do desaparecimento de Amanda, de imediato tomou uma série de providências. Amanda Ribeiro, de 10 anos, saiu de casa na manhã da última terça-feira, 7 de junho, e desapareceu.

Ao saber do ocorrido, o PJ Harisson Bezerra entrou em contato com tenente coronel Tiago, comandante do grupamento dos bombeiros de Breves, e requisitou de imediato o encaminhamento de uma guarnição, via lancha, para que iniciassem as buscas nos rios.


Em seguida falou com o delegado geral, Valter Rezende, e requisitou de imediato que uma equipe da Divisão de Atendimento a Adolescentes (DATA) - específica em procurar crianças desaparecidas - fosse deslocada para o município de Anajás.

Essas duas medidas foram prontamente acatadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) e as equipes foram encaminhadas à cidade.

De imediato o Ministério Público requisitou ainda, junto à Prefeitura Municipal uma embarcação e combustível para auxiliar os membros do Conselho Tutelar, que se prontificaram a procurar a criança nos arredores, em vilas próximas da cidade.


As buscas foram realizadas na região de Anajás e na localidade de Buiussu, mas infelizmente a criança foi encontrada sem vida.

Ainda não sabe se a garota caiu e se afagou após uma descarrega elétrica, ou se foi assassinada desta forma. As autoridades policiais do município seguem um trabalho minucioso de investigação para tentar descobrir o que houve com a menina.

Fonte: DOL | MPPA
Comunicar erro
Portal do Carlos Baía

© 2022 Portal do Carlos Baía
(91)986005813

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal do Carlos Baía